.
.
  Canais
Página inicial
Fale com Paulo Nunes
Perfil
Comentários: regras
Vitória da Conquista
 
  Colunistas
Jeremias Macário
Luciano Pires
Francisco Silva
Ezequiel Sena
Paulo Pires
Dimitri Laguna
Jarbas Lacerda
Mozart Tanajura
Ruy Medeiros
Paulo Araújo
Paulo Nunes
 
  Institucionais
Municípios da Bahia
Assembléia Legislativa
Câmara dos Deputados
Câmara de Conquista
Revista Envolverde
Última Instância
 
  Serviços
Bancos
Correios
Previdência Social
Lista Telefônica
Loterias
Previsão do Tempo
Receita Federal
 
  Tempo
Previsão do Tempo
Todas as cidade da Bahia
 
 
 
 
 
Colunas: Francisco Silva
 
 
DESFILE SEMPRE ITINERANTE
comente imprima
:Publicado em 07/09/2008, às 09:26

Por Francisco Silva*

Nas mais importantes cidades do país, o desfile de sete de setembro, comemorativo ao dia da nossa independência, sempre tem um lugar de destaque para que aconteça tal desfile. As ruas onde devem acontecer os desfiles, em muitas cidades já são mais que cinqüentenárias; a propósito, em Cidade do Salvador, o desfile acontece na Avenida Sete de Setembro, e isso é do meu conhecimento desde a minha mais tenra idade.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
QUEM DÁ LUZ À CEGO É BENGALA BRANCA!
comente imprima
:Publicado em 04/09/2008, às 08:10

Por Francisco Silva*

Sem desejo de qualquer demonstração de indiferença pelos deficientes visuais, que, aliás, são pessoas como nós, muito dignas dos nossos apreços e do nosso respeito; não pude deixar de me render a esse ditado popular, o qual eu dei título a essa minha crônica. Fica-nos, muito difícil de entender, como é que, quando nos encontramos em situação excepcionalmente cômoda, venhamos a nos incomodar com a sorte de quem não está e nunca esteve nem aí para a nossa sorte ou azar.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
E O FUMO ERA DE ROLO...
comente imprima
:Publicado em 01/09/2008, às 08:04

Por Francisco Silva*

Quando se pensa em time de futebol, pensa-se em treinador, e que seja um grande treinador. No último dia 18 de agosto do corrente ano, eu tive o prazer de ouvir por duas horas uma animada e interativa entrevista pela Rádio Banda B daqui de Curitiba, oportunidade em que os companheiros – sinto-me à vontade para chamá-los de companheiros, face à minha intimidade com o rádio – entrevistaram o lendário Rubens Francisco Minelli. O Minelli, atualmente longe dos campos de futebol, presta seus serviços de comentarista para a Rádio Jovem Pan de São Paulo, de onde saiu a convite da Rádio Banda B para essa entrevista na citada data, pra os radialistas Valmir Gomes e Marcelo Ortiz.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
E O FUMO FOI FORTE!
comente imprima
:Publicado em 29/08/2008, às 16:08

Por Francisco Silva*

Depois do fracasso diante do ASA de Arapiraca, onde o ECPP Vitória da Conquista perdeu para o time local pelo placar de 3X0, restou-lhe arrumar as malas para novamente ir direto para Itabuna, como fez na primeira fase, depois de enfrentar o CSA em Maceió. Daquela partida nos resta lembrar que, o Conquista quando chegou à cidade grapiúna, levava em sua bagagem uma matemática classificação para a segunda fase do atual certame. E dessa forma, pôde jogar despreocupado com o desdobramento que viesse ter após o final da partida.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
EU SOU O PARAÍBA, AQUÍ TÁ O MEU CARTÃO!
comente imprima
:Publicado em 28/08/2008, às 08:03

Por Francisco Silva*

Em qualquer empresa privada, e também, pela nova ordem social e econômica, em algumas empresas públicas, os funcionários que usam de artifícios para faltarem ao serviço e cinicamente apresentam atestados médicos de origem duvidosa, ou outras desculpas com a mesma intenção, acabam por cair no descrédito, e em casos mais graves até recebem a merecida e solicitada demissão.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
FUTEBOL! PRÁ QUÊ FUTEBOL?
comente imprima
:Publicado em 26/08/2008, às 08:04

Por Francisco Silva*

Como, nas cidades de grande porte, Vitória da Conquista já dispõe de uma rotina semelhante à de todas as capitais do nosso país. Refiro-me à diversidade de clubes e a oportunidade que naturalmente é oferecida aos órgãos de imprensa que faz um trabalho de informação aos seus ouvintes e torcedores; dando desta forma, uma qualidade às emissoras de rádio nas suas programações esportivas diárias, semelhantes à das grandes emissoras do país. Essa diversidade oportuniza as rádios e seus programas esportivos em terem pessoas ou profissionais, desenvolvendo um trabalho de setorismo, ou seja: o profissional que cuida única e exclusivamente de determinado clube, dando os furos de reportagens daquela equipe.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
UM BALANÇO DAS ENTREVISTAS
comente imprima
:Publicado em 22/08/2008, às 07:49

Por Francisco Silva Filho*

Apesar de morar em Curitiba há onze anos, eu vivo Conquista como se jamais eu tivesse saído da minha cidade. O advento da internet com os seus jornais e revistas virtuais, representados pelos blogs e a facilidade de se ouvir as rádios locais via internet; estreitou ainda mais esse meu convívio com a minha amada terra conquistense, mesmo que de forma virtual. Ainda que, votando aqui em Curitiba, eu tenho acompanhado par e passo o desenrolar do processo eleitoral em curso em nossa cidade.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
A POLÍTICA E OS MALEDICENTES
comente imprima
:Publicado em 19/08/2008, às 07:25

Por Francisco Silva*

Fazer rádio em Conquista nunca foi uma tarefa fácil; sabemos, pois, que os “louros” (grana, bufunfa) são privilégios de pouquíssimos, e, pode-se contar nos dedos de uma só mão. Os donos da emissora e um ou dois ganham dinheiro, os outros assistem, e, conformados batem palmas; é assim é que é feito o rádio conquistense, de proletariados e os abnegados. Aos abnegados amigos, que sonham em um dia ter reconhecido o seu trabalho, ganhando uma posição de destaque com os devidos “louros”, não desanimem, o rádio em Conquista ainda poderá ser uma realidade como empresa que gera e distribui renda aos que, dele procura sobreviver.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
AS EXPERIÊNCIAS DO PROFESSOR PARDAL
comente imprima
:Publicado em 18/08/2008, às 07:58

Por Francisco Silva*

Eu, particularmente, sou adepto às mudanças. Mas, há uma velha máxima no futebol que não admite mudanças: “time que está ganhando, não se muda”. É verdade que, o time do ECPP Vitória da Conquista, pode ter se prejudicado com essa inesperada paralisação do certame que ora participa; a falta de ritmo pode ter influenciado no seu desempenho, também a falta que os jogadores que vinham atuando em conjunto, tais como: Pantico, Amauri, Léo Macaé, Kleber, e Éder Silva, assim como o próprio Danilo e mais outros dois, tudo isso pode ser, sob o ponto de vista do torcedor menos atento aos detalhes da escalação do time, como sendo, uma fatalidade o time ter perdido em seus domínios, diante da sua torcida, para um Itabuna, que, no meu modesto ponto de vista, passou a ser franco atirador.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
NAQUELA MESA...
comente imprima
:Publicado em 11/08/2008, às 08:12

Por Francisco Ailva*

Eu poderia ter intitulado esta minha crônica com o título da composição do imortal Sérgio Freitas Bittencourt, que tão prematuramente deixou órfão o jornalismo e a composição da musica popular brasileira: “Ta faltando ele”. O Sérgio Bittencourt quando compôs essa música e tão sabiamente a entregou ao também imortal Nelson Gonçalves para cantá-la, quis o filho que o era, prestar a sua homenagem ao seu amado pai Jacob Pick Bittencourt ou simplesmente Jacob do Bandolim, que também, prematuramente, aos 51 anos de idade, deixou o chorinho brasileiro a chorar para sempre. O seu famoso filho, que morreu aos 38 anos de idade (09/07/1979), que era hemofílico, deixou uma mensagem de saudade e de amor sublime que um filho pode ter pelo pai. A herança deixada pelo Jacob, não se resume só nas suas canções e chorinhos; tem também, o legado de seu filho, o Sérgio Bittencourt.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
AOS ARROGANTES, CUIDADO COM O NATALINO!
comente imprima
:Publicado em 07/08/2008, às 15:26

Por Francisco Silva*

A nova fórmula de disputa do campeonato brasileiro trouxe uma terrível dor de cabeça para os cartolas. É inegável, e toda a crônica desportiva nacional referenda que, essa nova fórmula de disputa tem dado maior competitividade aos clubes no certame nas três séries (A, B e C); evidente se faz salientar, que o torcedor não ficou de fora dessa pesquisa, aliás, o torcedor é sempre o maior interessado. Desta forma, o que se vê nos campeonatos desde então, é uma briga como jamais vista, para ocupar as quatro primeiras posições bem como, para desocupar as quatro últimas posições na tabela. Nesta minha crônica, procurarei mais falar, em desocupar as quatro incômodas últimas posições.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
PARADOXOS NA CORTE
comente imprima
:Publicado em 04/08/2008, às 16:39

Por Francisco Silva*

Pelo visto, o ministro Félix Fischer TSE (Tribunal Superior Eleitoral) deve ter se esquecido do empenho que teve o ministro Marcelo Ribeiro, depois de tantos pedidos de vista ao processo de cassação do prefeito José Raimundo, que, acabou por culminar numa reviravolta histórica, inocentando o prefeito candidato a reeleição conquistense no pleito de 2004. Tantos foram os pedidos de vistas do próprio ministro Marcelo Ribeiro, quantos foram outros tantos pedidos de vista por ele incentivados, para que, numa indisfarçável manobra daquela corte, acabasse com qualquer chance dos autores daquela malfadada ação lograrem êxito no processo de cassação do atual prefeito.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
DENTES DE OURO
comente imprima
:Publicado em 02/08/2008, às 07:58

Por Francisco Silva*

Quando me ocorreu escrever sobre este tema, eu visava, e assim, procurarei dentro este meu artigo, falar de pessoas notórias em nossa cidade. Mas, não pude deixar de me render ao assunto que em cerca de duas décadas passadas gerou um alarido sem precedentes em nossa cidade, mais precisamente, em algumas denominações religiosas evangélicas. Um fenômeno, que teve em sua primeira edição, a boca da dona Guilhermina Morais da Rocha, mãe de santo em Cidade do Salvador-BA, segundo ela, e o Jornal A Tarde noticiou àquela época, a mãe de santo baiana dormiu e acordou no dia seguinte com uma restauração que antes era de amálgama simples transformada em ouro. Isso ocorreu em janeiro de 1985, três dias mais tarde um outro pai de santo de Feira de Santana, o senhor Zé Gomide do Centro Sete Caboclos, também procurou dar publicidade de que dois dentes inteirinhos em sua boca também, da noite para o dia se transformaram em ouro, frise-se, dentes totalmente restaurados com placas de platina ou amálgama, tanto os dentes da dona Guilhermina como os do Zé Gomide.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
ANDRÉ, COMO VOCÊ É TEIMOSO!
comente imprima
:Publicado em 31/07/2008, às 08:05

Por Francisco Silva*

Há alguns meses, talvez, quatro meses atrás, eu refutei uma informação do André Cairo, onde ele informava que o prédio da antiga Confeitaria Araci seria hoje o prédio do Conquistão. Ele me respondeu imponderadamente, noutro aspecto, acertadamente corrigindo-me quanto à grafia do “Araci”, que grafei incorretamente como: “Aracy”. Claro que eu aceitei a correção do termo; todavia, fiquei com uma pulga atrás da orelha no que tange ao antigo endereço da confeitaria. Eu informava na ocasião ao André que, a Confeitaria Araci não teria funcionado onde hoje é o Conquistão, pois, eu tinha em minha memória a convicção do que eu afirmava. Entretanto, o André me respondeu por e-mail que ele tinha registros históricos que confirmavam a sua a sua afirmação, e que, portanto, não cabia a minha insegura correção.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
SOMENTE PARA ESCLARECER
comente imprima
:Publicado em 30/07/2008, às 08:27

Por Francisco Silva*

Desde o dia 05 de julho do corrente ano eleitoral, está liberada a propaganda eleitoral sob as expensas dos candidatos desde que, não sejam elas veiculadas em rádios, televisão e mídia impressa. Cuidou o art. 37 da lei 9.504, sobre as proibições expressas a que os candidatos deverão observar. A propaganda dos candidatos, segundo ditames do art. 37 não deverá ser colocada em bens públicos, ou nos bens cuja cessão seja de permissão do Poder Público bem como, nos de uso comum, tais como, postes de iluminação pública, paredes de viadutos, e sinalização de tráfego, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus e outros equipamentos urbanos, também, ficará vedada a veiculação de propaganda de qualquer natureza, inclusive pichação, inscrição a tinta, fixação de placas, estandartes, faixas e assemelhados; tudo isso, no que diz respeito aos bens públicos ou a eles afetados.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
FUTEBOL. SERÁ UMA PAIXÃO OU MAIS UMA OPÇÃO?
comente imprima
:Publicado em 28/07/2008, às 16:12

Por Francisco Silva*

Todos nós conquistenses, independentemente da idade, sofremos de um mal histórico em nossa cidade; assistimos passivamente ao aparecimento de equipes em cidades como Alagoinhas, Feira de Santana, Camaçari entre outras tantas cidades do interior, enquanto nós ficamos por longos quinze anos sem uma equipe de futebol que nos representasse dignamente no certame baiano. Agora, há que se frisar, que os times que apareceram para nos representar ao longo de toda a história anterior do futebol conquistense, jamais qualquer das equipes chegou as quartas de final do campeonato baiano. Aliás, as equipes que se sucederam na representação conquistense, não passaram de um lamentável fiasco para os nossos sentimentos, bem como, para a nossa economia.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
O RABO E A HUMANIDADE
comente imprima
:Publicado em 23/07/2008, às 08:22

Por Francisco Silva*

Como é de conhecimento de todos nós que, levamos uma parte das nossas vidas alisando bancos de escolas, como também, de faculdades; que os nossos antepassados (muito remotos), o “Homem Primitivo”, tinham rabo. Mas, a evolução natural foi, ao cabo de centenas de milhares de anos, incumbindo-se de eliminar “partes” do nosso corpo humano, tais como: caninos vampirescos, pêlos abundantes, encurtamento dos braços e dedos e finalmente, o rabo (cauda). Duvidas que o homem já teve rabo? Pois é! Já teve sim, mas, se a dúvida permanecer, faça um teste em você mesmo (a)! Desça a sua mão, com o dedo polegar, descendo da nuca até parte inferior da sua coluna vertebral, onde, vai encontrar um “ossinho” chamado de CÓCCIX, isso mesmo! Pronuncia-se assim: “coc-cics”; esse ossinho é que era o pé do rabo (digo: cauda) do então homem primitivo.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
ÊTA, QUE MUNDO PEQUENO!
comente imprima
:Publicado em 21/07/2008, às 15:56

Por Francisco Silva*

De repente, quando nos descobrimos vivendo em terras que não as que são das nossas raízes, parece-nos que ficamos mais ousados, estamos sempre dispostos a fazer novas incursões por outras terras, visitar novos povos, conhecer novas culturas, fazer novos amigos. Aliás, a empresa, na qual me dediquei vinte oito anos da minha vida, nos dá cabedal suficiente para que, novas amizades além do coleguismo sejam travadas. Em se tratando de amizades, se muitas eu não fiz, nenhuma inimizade eu contabilizei; entretanto, estando morando na capital paranaense, fica-nos mais fácil de vez em quando sairmos e fazer uma visita a algum antigo colega ou mesmo um dos amigos que nós fizemos naquela casa maravilhosa. Pensando dessa forma, passei a execução, resolvi que iria visitar o nosso colega e amigo que passou alguns anos em nossa companhia aí no CESEC de Vitória da Conquista, o Celso que foi o nosso chefe geral (o gerente), que mora em Chapecó-SC neste mês nos receberia em sua casa.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
EPÍSTOLA AOS AMIGOS DA ESCRITA E DA LEITURA
comente imprima
:Publicado em 19/07/2008, às 08:39

Por Francisco Silva*

Caríssimos, Ezequiel Sena, Paulo Pires, Ivanildo Reis e demais amigos dos blogs, vocês não imaginam o quanto me emociona dirigir-me aos abnegados leitores e escritores que fazem dos blogs conquistenses a nossa revista “on-line” de tão efêmera passagem que os nossos escritos desfrutam; exulta-me, todavia, que os poucos que leram e lêem as nossas publicações, são de uma qualidade sem igual. Quando nós experimentamos escrever alguma coisa, por mais singela que seja, e ela nos traz de volta esse capital como recompensa, um comentário que seja, sentimo-nos como um colunista tal qual os que escrevem para O Globo, A Folha e outros tantos jornais e revistas da mesma qualidade.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
A SUCESSÃO CONQUISTENSE
comente imprima
:Publicado em 17/07/2008, às 15:28

Por Francisco Silva*

Este é um tema que, com certeza, o professor Paulo Pires, o Ezequiel Sana e, sobretudo eu, não gostaria de planificar no campo da nossa ideologia; todavia, não querendo dizer que estamos pisando em ovos no que dizemos respeito ao assunto, nós temos as nossas posições formadas quanto este ou àquele candidato que ora postula o executivo municipal. Aqui, eu não “rasgarei seda” procurando ser politicamente correto, até porque, mesmo que eu necessitasse disso eu não o faria, pois, o homem para mim, para que ele tenha valor ele tem quer ser independente. É sabido que, bons nomes foram colocados e se retiraram, e outros tantos nomes excelentes que poderiam ter colocado os vossos nomes não compareceram; tanto pela indisposição política que ora se nos apresenta o quadro atual, como também, pela incerteza e, por conseguinte, por temerem queimar os vossos nomes em uma possível derrota que se vislumbra frente ao candidato da situação atual.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
QUE REGRAS? QUE JOGO?
comente imprima
:Publicado em 16/07/2008, às 16:17

Por Francisco Silva*

Os acontecimentos da última semana nos trouxeram à luz mais uma grande falcatrua perpetrada contra a economia da nossa nação. No centro deste episódio de lamentável desdobramento até o presente momento, está o banqueiro Daniel Dantas o presidente do Grupo Opportunity. Os quatro anos ininterruptos de investigação da nossa gloriosa Polícia Federal – que a ela nada escapa – através da Operação Satiagraha, corre o risco de descambar em uma lambuzada pizza.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
CONQUISTA, TERRA DE BEBUNS?
comente imprima
:Publicado em 16/07/2008, às 08:11

Por Francisco Silva*

A campanha do ECPP Vitória da Conquista no atual certame nacional vai bem, obrigado! O que me parece não ir muito bem é o respaldo que a torcida conquistense não está dando ao time que tanto investiu na busca de bem representar a nossa cidade no campeonato nacional. O torcedor que se valia do vale esmola do governo estadual para comparecer ao estádio, com certeza está sentindo muito no bolso. Mas, convenhamos, uma pessoa que não dispõe de R$ 10 para pagar sua entrada no estádio, está precisando urgentemente de uma reformulação em sua vida profissional.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
VITÓRIA DA CONQUISTA MEU AMOR
comente imprima
:Publicado em 15/07/2008, às 08:33

Por Francisco Silva*

Aqui em Curitiba, quando me perguntam sobre a minha naturalidade eu respondo com orgulho, mesmo antes de dizer que sou baiano eu digo primeiramente que sou conquistense, para depois então confirmar que sou baiano. Isto para mim é uma questão de honra; odeio a atitude de pessoas que saem da nossa cidade e vão morar em lugares disparadamente melhores que a nossa querida Conquista, e lá, como camaleões, se misturam aos naturais de lá, meio que querendo esquecer que são conquistenses, e na maioria das vezes até faz pouco caso da cidade e do que eles chamam de atraso e pouca civilidade. Um caso que eu repudio, e que ganhou os palcos de shows por todo o Brasil, foi o dos Mamonas Assassinas; aqueles moços nasceram em pleno semi-árido baiano e foram morar ainda pequeninos em São Paulo, seus pais, baianos de facão na cinta, rejeitaram a Bahia ao ponto de levarem os seus filhos lá na sua terra natal só quando estes alcançaram a maior idade.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
UMA TORCIDA FOGO DE PALHA
comente imprima
:Publicado em 14/07/2008, às 08:21

Por Francisco Silva*

Nós que vivemos o dia a dia do novo futebol mundial, que se fundamenta nas competições fora do âmbito doméstico, acabamos por nos decepcionar com a visão provinciana dos nossos torcedores. A verdade é que, o antigo futebol que nos proporcionava uma disputa interna entre os clubes locais de cada estado e cidade, acabavam por nos remeter a uma rivalidade exacerbada entre nós torcedores; devo concordar que essa rivalidade era o combustível que movimentava os torcedores até os estádios para assim proporcionar uma festa em cada estádio de cada estado brasileiro em seus respectivos campeonatos.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
NEGROS, BRANCOS E A GLOBO
comente imprima
:Publicado em 10/07/2008, às 08:26

Por Francisco Silva*

Chega ser interessante como um tema que não deveria ser objeto de tantas discussões em nosso país ganha contornos que não raro se assemelha a uma contenda... Os jornais, a TV, movimentos sociais e de classes vira e mexe se esbarraram em um assunto que em muito das nossas paciências têm abusado: as cotas para negros nas universidades públicas e agora até em colégios públicos de ensino médio e fundamental. Até aí, as coisas parecem fazer sentido; não que eu seja favorável a cotas para negros, brancos, amarelos, pardos, índios ou sei lá qual outra raça mais venha pleitear igual direito. Ao bem da verdade, eu acho isso uma cretinice do tamanho da demagogia que a medida proporciona e que, aliás, é a cara dos políticos brasileiros, que sempre se apóiam em medidas popularescas para dessa forma não perderem as tetas governamentais.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
A IMPRENSA E A MALEDICÊNCIA
comente imprima
:Publicado em 09/07/2008, às 01:44

Por Francisco Silva*

No fim da semana passada, nós, como todos, que acessamos os principais portais de notícias na internet – eu, pelo menos acesso regularmente os portais BOL, UOL e Terra – encontramos lá uma notícia que dava conta de que o astro inglês do futebol o David Beckham estaria com mau hálito. A notícia tinha esse apelo em todos os portais; uma vez acessado o portal, ali encontraríamos o motivo que originara tal chamativa manchete.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
O NOSSO MUNDO ERA CARIOCA
comente imprima
:Publicado em 02/07/2008, às 08:26

Por Francisco Silva*

A década de 70 para nós que tem entre quarenta e cinco e cinqüenta e cinco anos, foi para nós conquistenses, marcada pela moda carioca; seja pela penetração que tinha a Rádio Globo em nossos lares, ou a Rádio Nacional, a Super Rádio Tupy bem como, a recém inaugurada TV Globo que fazia contraponto à paulista TV Tupy. A década de 60 já era carregada por essa simpatia que todos os conquistenses tinham pelas coisas da Cidade Maravilhosa. A Cidade do Rio de Janeiro parecia exercer sobre nós mais que em qualquer outro baiano ou brasileiro um fascínio inigualável, o Rio parecia ser o centro do mundo para nós.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
CUIDADO AO SE TRANSFORMAR EM GENRO OU NORA!
comente imprima
:Publicado em 30/06/2008, às 07:20

Por Francisco Silva*

Nos nossos idos tempos da desinformação, quase sempre tornávamos presa fácil de lindas garotas, bem como, as garotas tornavam-se também presa dos sarados garotões da época. Nossos pais, sobre esse assunto pouco ou nada nos passavam de informação. Mas, qual assunto e qual informação nos era sonegada por nossos pais a respeito dos nossos namoros e noivados e futuros casamentos? – Sobre a nossa nova aquisição familiar: A Sogra! O Sogro também faz parte! Cunhados e cunhadas são contrapeso nesse novo relacionamento familiar.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
E EU VOLTEI A TIRAR O CHAPÉU
comente imprima
:Publicado em 23/06/2008, às 08:06

Por Franciso Silva*

Novamente neste domingo (22/06), após o jogo do Vasco versus o Palmeiras e também, o final do jogo pela Eurocopa entre Espanha e Itália, eu resolvi ficar sintonizado na BAND TV e assistir ao programa do Raul Gil o “Tamanho Família”. Como sempre o seu principal quadro é por assim dizer, bastante à queima-roupa, melhor explicando: o quadro do Tira o Chapéu fica muito em cima para quem acabou de assistir ao futebol, que, após o final da partida sempre tem vontade de sair da frente da TV para fazer outras coisas, entre elas, tomar banho, por exemplo. Nesse propósito, eu acabei por pegar no quadro tirando o chapéu, o senador Magno Malta (PR-ES) já no fim da sua participação no referido quadro.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
PROGRAMA DE TABARÉU
comente imprima
:Publicado em 22/06/2008, às 09:33

Por Francisco Silva*

Nesta segunda-feira próxima passada (16/06), eu resolvi sair para fazer um programa na parte da tarde, programa este, que, vez por outra eu repito num intervalo de ano em ano ou um pouquinho mais que isso. O motivo do meu programa tão inconstante é na maioria das vezes ditado pelas circunstâncias que ora se assoberba frente as nossas fraquezas. Esse meu programa encontra adeptos, e, todos esses solidários adeptos também têm lá os seus motivos; motivos, aliás, que não raro me surpreendem. Mas, todos que fizeram o programa-terapia saem de lá com a cabeça e os pés literalmente nas nuvens.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
E EU ACABEI POR TIRAR O CHAPÉU!
comente imprima
:Publicado em 09/06/2008, às 07:38

Por Francisco Silva*

Neste domingo (06/06), fim de tarde, após assistir aos jogos pela TV aberta e fechada, eu em regra, mudaria de canal para um de TV fechada do tipo Discovery Channel ou HBO; entretanto, procurando sair um pouco da mesmice de todos os domingos, resolvi assistir a BAND TV, onde estava começando o programa do Raul Gil “Tamanho Família”, que de cara, anunciava o Sidney Magal no quadro “Tirando o Chapéu”.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
ÉPOCA DO JERÊRÊ
comente imprima
:Publicado em 06/06/2008, às 08:22

Por Francisco Silva*

Aqui em Curitiba, desde segunda-feira (02/06), me faz recordar os velhos tempos do jerêrê daí de Conquista. Este jerêrêzinho tem uma peculiaridade muito interessante. Ele faz com que a temperatura se estabilize, em regra, entre os 13 e 15 graus; todavia a sensação térmica é de 6 graus. Frise-se que, esse jerêrê é atípico aqui em Curitiba; o clima em regra, é de cerração forte até às 10h:00m, depois o sol abre e a temperatura não se altera se começou o dia com 3 graus, assim será o dia todo.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
EU NÃO OUVÍ, ME DISSERAM
comente imprima
:Publicado em 28/05/2008, às 15:02

Por Francisco Silva*

Ontem, terça-feira, como em todas as terças e quintas-feiras em que se reuniam o plenário do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), salvo nos dias em que eu estava no curso preparatório para o exame da OAB, eu acompanhei o julgamento que “tartarugava” há meses naquela côrte; eu com a minha incipiente experiência tinha dúvidas quanto ao desenrolar do feito. Se o feito tendesse a se desenrolar em favor do Coriolano, é certo, que, o Tribunal (pessoa do ministro Marcelo Ribeiro) iria continuar tocando de barriga o seu desenrolar até que não houvesse mais nenhum efeito prático para a referida coligação, e assim entendiam os membros daquele tribunal, que o prefeito Zé Raimundo e Gilzete sucumbiria no feito.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
BALANÇO SINTOMÁTICO
comente imprima
:Publicado em 27/05/2008, às 16:01

Por Francisco Silva*

Neste exato instante (11h35m) estou a ouvir no programa Conta Conquista apresentado pelo Onildo Barbosa, entrevista intempestiva do prefeito José Raimundo Fontes, onde ele apresenta um balanço das suas obras de 2004 até os dias atuais. Está falando o Zé, a respeito das obras atuais de duplicação da Olívia Flores, da Avenida Juraci Magalhães, bem como, iluminação das avenidas de saída para Barra do Choça, Presidente Dutra, entre outras tantas ruas e avenidas conquistenses. Ou seja: o prefeito está falando de muitas obras que estão em andamento, e que por estarem assim, não poderia sofrer solução de continuidade.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
PERDOA-NOS ISABELLA!
comente imprima
:Publicado em 27/05/2008, às 08:27

Por Francisco Silva*

Este é o título de uma melancólica mensagem que está circulando pela internet, de autoria do magistrado Evandro Pelarin, que é juiz de direito da 1ª Vara Criminal e da Infância e da Juventude da Comarca de Fernandópolis-SP. A mensagem do magistrado tem o condão de nos trazer à reflexão sobre a criminalidade e a sua correlata impunidade; a verdade é que, o doutor Evandro do alto da sua convivência, mais ou menos prevê o destino dos assassinos da menina Isabella. No momento atual, a imprensa e os segmentos mais significativos da sociedade brasileira estão com os olhos e ouvidos plantados nos desdobramentos a que serão dados ao caso.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
PINTORES DE MEIO-FIO
comente imprima
:Publicado em 23/05/2008, às 08:03

Por Francisco Silva*

Aqui no condomínio onde moro, o zelador, o seu Cícero tem como tarefa, além de manter belo o jardim e canteiros que compõe o condomínio, também promover o ajardinamento de outras áreas que ainda estão sem qualquer embelezamento; a pintura das guias – aí chamam meio-fio – ele faz independentemente de qualquer prenúncio que esteja articulando a nossa síndica. É de salientar, que nós mudamos ou reelegemos o síndico a cada um ano, portanto, fica neste contexto, patente que a administração neste condomínio é integralmente voltada para obras necessárias a que se obtenha a satisfação de todos os condôminos.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
RINITE. SOFRE QUEM QUER!
comente imprima
:Publicado em 21/05/2008, às 08:41

Por Francisco Silva*

Entre as pessoas que sofrem de rinite e dispõem de recursos e ou um bom plano de saúde, quando resolvem procurar tratamento para esse mal, na sua primeira visita ao especialista, volta para casa com uma lista enorme de alterações em sua forma de alimentar-se, vestir-se, roupas de cama, cortinados das salas e dos quartos, carpete nem pensar; pois bem, entre essas coisas todas citadas, na alimentação, o teste alérgico que é feito no paciente, provavelmente trará dissabores do tipo: não coma massas, farinha, derivados do leite enfim, os remédios inalantes, bombas e motorzinhos para inalação. O paciente sai depois da consulta se perguntando: por que ainda não morri, se tudo isto com que tenho convivido é prejudicial à minha saúde?

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
AEROPORTO, UM SONHO POSSÍVEL!
comente imprima
:Publicado em 20/05/2008, às 16:50

Por Francisco Silva*

A recente saída da Ocean Air do roteiro que abrange Vitória da Conquista, não pode ser vista como um descaso contra a comunidade conquistense, que se perpetra em favor da referida empresa, desta forma, punindo o passageiro voluntário da aviação doméstica brasileira em Conquista; outrossim, deve ser vista como uma injeção de ânimo e, por conseguinte, mais uma motivação a que o Movimento Conquista pode Voar mais Alto, venha buscar, - assim como o Presidente da República invariavelmente lança mão das Medidas Provisórias – uma medida de caráter urgentíssimo junto ao governo estadual, bem como, junto ao governo federal uma parceria para que o nosso aeroporto saia e, na fique apenas no esboço e na má vontade de alguns que se dizem nos representar
.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
ADIVINHEM QUEM FOI A MASCOTE?
comente imprima
:Publicado em 14/04/2008, às 08:18

Por Francisco Silva*

Na quinta-feira próxima passada (10/04), tive que fazer uma coisa que detesto: faltar aulas; principalmente, quando as aulas se referem às do curso preparatório para o exame da OAB. Faltei, não tive alternativa. Afinal, era justificada a minha gazetada; eu estaria dessa forma, indo abrilhantar no Teatro da Reitoria da UFPR (Universidade Federal do Paraná), à solenidade de colação de grau da turma da ADIN, calma! Esta não é aquela de exclusiva competência do STF (Supremo Tribunal Federal), mas sim, da Administração Internacional, curso no qual estava colando grau a minha sobrinha Aline.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
RESULTADO INESPERADO
comente imprima
:Publicado em 07/04/2008, às 16:10

Por Francisco Silva*

Ontem, aqui em Curitiba fazia uma tarde nublada, com sol fraco convidativa para se ficar em casa, até mesmo, curtindo um cobertorzinho. Outras tardes de domingos semelhantes ou até mais frias eu já tive aqui, todavia, acompanhando os jogos que o ECPP Vitória da Conquista empreendia tanto no Lomantão como em qualquer outra praça esportiva, essas mesmas tardes se tornaram mais “calientes”, verdadeiras tardes, dignas da minha onipresença em qualquer estádio que o Conquista tenha se apresentado.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
A MINHA PRIMEIRA PROFESSORA
comente imprima
:Publicado em 31/03/2008, às 19:07

Por Francisco Silva

Adeus! Na nossa vida as despedidas são inevitáveis; todavia, quando sabemos que há depois da despedida um novo reencontro, a despedida torna-se suave, pois, sempre há uma promessa de novamente se reencontrar. Mas, a vida nos reserva, e isto é a nossa única certeza, um ‘adeus’ sem qualquer promessa de reencontro.

Fica aqui neste espaço de cultura, de notícias e, também destinado às nossas homenagens, um ADEUS para a PROFESSORA LAURA GOMES, eu disse ‘professora’ e não “proussôra”, pois, ela foi a minha primeira ‘mestra’, entre os muitos aprendizados que dela extraí, aprendi a repugnar o “proussôra”, pois, na minha tenra infância, ali, com ela, aprendia-se a pronunciar corretamente. Obrigado professora Laura, sou no que escrevo a sua essência, a sua virtude e o seu caráter. As minhas primeiras letras que aprendi com a senhora eu jamais descartei. O ‘fê’, o ‘guê’, o ‘jí’, o ‘lê’, o ‘mê’, o ‘nê’, o ‘rê’ e o ‘sí’ elas, na minha consciência gritam e choram quando aqui no sul e até mesmo aí em Conquista (sob influência do sul) pronunciamos a sua nova fonética.

Adeus professora Laura! A cátedra conquistense na sua ‘cadeira’ ficará vazia, o seu ser e seu conhecer jamais serão substituídos. Eu, o seu ex-aluno, aqui no Sul choro a sua partida, lamento a falta que a senhora provocará na vida docente de Conquista.

Consternado, apresento os meus pêsames à família Gomes.

 
 
TERCEIRO MANDATO CONSECUTIVO, NEM PENSAR!
comente imprima
:Publicado em 30/03/2008, às 09:10

Por Francisco Silva*

Embora a visita do Lula ao Pernambuco nesta semana (26/03) fosse para o lançamento de projeto do PAC, o seu discurso teve uma forte conotação de ‘Comício’. Disse o Presidente, que a oposição deveria tirar “O Cavalinho da Chuva”, pois, ele iria fazer o seu sucessor, para que o país pudesse ser governado nos moldes atuais. Quando perguntado se ele já estava em campanha para o ano de 2010, ele respondeu que não, pois, ainda faltam dois anos e, ele não pode se candidatar. Tanto o discurso, quanto a insinuação de que fará o seu (a) (referência a Dilma Rousseff) sucessor (a) para o futuro mandato, deixaram furiosos os senadores Arthur Virgílio e o José Agripino Maia (PSDB/DEM).

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
A MÁQUINA DA VERDADE
comente imprima
:Publicado em 26/03/2008, às 16:16

Por Francisco Silva Filho*

A rainha do bumbum participou do Nada Além da Verdade, deste domingo (22/03), no SBT, com apresentação de Sílvio Santos. O programa tem o objetivo de fazer o artista responder várias perguntas, que passam por um ‘detector de mentiras’. A cada etapa, as respostas verdadeiras dão ao artista, uma quantia em dinheiro.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
À DISTÂNCIA...
comente imprima
:Publicado em 18/03/2008, às 07:56

Por Francisco Silva*

“O que vós ouvis e o que vós vedes; são na verdade, o que ouço e o que vejo. Todavia, o que vós pensais não será necessariamente o que eu penso, pois, o que eu penso passa necessariamente por uma crítica introspectiva, afastando de pronto o subjetivo de vós”. A frase que ora escrevo é de minha autoria, ela tem o condão de trazer à luz questões sobre os acontecimentos que nos envolvem; que, na maioria das vezes, nos deixam à revelia do nosso querer, fazendo-nos vulneráveis por nossos comentários, quase sempre beirando a leviandade.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
SEMANA MODORRENTA
comente imprima
:Publicado em 15/03/2008, às 16:01

Por Francisco Silva*

Nós que somos internautas, independentemente do lugar em que nos encontramos, sempre movimentamos as páginas dos blogs. Fazemos dos blogs as nossas fontes primordiais de informação. Há que se frisar, que há alguns anos a nossa principal fonte de informação eram os jornais locais a televisão e o rádio. Hoje, estes meios de comunicação foram facilmente batidos pelos nossos amigos blogueiros, com essas suas maneiras excelentes e descompromissadas de nos fazerem atualizados por seus blogs.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
AÇÃO DE IMPUGNAÇÃO DE MANDATO
comente imprima
:Publicado em 08/03/2008, às 07:21

Por Francisco Silva*

Ezequiel, Nós, que temos a obrigação de passar para os nossos filhos, e, doravante, ajudar aos nossos filhos a repassar para os nossos netos, o valor e a sua permanente convicção diuturna na conduta moral e ética, que jamais deverão ser desgarrados na formação destes, sob qualquer hipótese ou influência; ficamos, diante de decisões, às vezes monocráticas de um magistrado, vendo sepultados os valores intrínsecos (da moral, da ética e dos bons costumes) adquiridos na boa educação e nos princípios que nos deram os nossos pais, ora se fazem sobreposto à vontade “imparcial?” de um tribunal.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
TAMPOUCO EU, DIOGO!
comente imprima
Publicado em 26/02/2008, às 06:30

Por Francisco Silva*

Em sua coluna da Revista Veja desta semana intitulada “Eu não sabia disso”, Diogo Mainardi faz revelações sobre a conduta do nosso presidente Luiz Inácio da Silva. Segundo o colunista, o Lula teria a despeito de um seqüestro de um sobrinho de um amigo seu (Roberto Teixeira), traficado influência na arrecadação de U$ 400.000 mil para pagamento do resgate, que nem chegou a acontecer haja vista, ter sido o seqüestrado libertado antes do pagamento.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
RECEBER BEM, TEM LIMITES?
comente imprima
Publicado em 23/02/2008, às 15:47

Por Francisco Silva*

O ano era de 1.993, nas ruas de Conquista fervilhavam de pessoas pobres oriundas dos mais diversos cantos desta Bahia bem como, de outros estados do nordeste em busca de trabalho temporário na colheita do café. Eram comuns as cenas de pessoas sentadas nas calçadas com crianças de colo e, com a mão estendida pedindo uma esmola a qualquer um cristão que passasse, por exemplo, na calçada da COFET da esquina da Monsenhor Olímpio com o Beco de acesso à Avenida Lauro de Freitas; era uma cena na paisagem conquistense que a cada dia se tornava mais comum, como, igualmente comum eram os pedintes que não nos davam folga em nossas residências, era uma calamidade pública. E pensar, que os que eram responsáveis por essa tragédia no país, hoje são mortalmente contra o atual governo por promover uma distribuição de renda para os mais pobres...

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
ANDA, ANDA, ANDA VEM... QUEM VEM LÁ?
comente imprima
Publicado em 19/02/2008, às 15:02

Por Francisco Silva Filho*

Plagiando um jingle que está completando quarenta e três anos, começo este meu artigo com a pergunta: “Quem vem lá?”. O leitor que vive e respira a política conquistense mais ou menos tem uma idéia de quem vem lá; já os eleitores que só se preocupam com a política dias antes das eleições, com certeza não têm a mínima idéia.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
CURITIBA COMBATENDO A POLUIÇÃO VISUAL
comente imprima
Publicado em 15/02/2008, às 16:26

Por Francisco Silva Filho*

“Considera-se poluição visual o excesso de banners, letreiros, outdoors, anúncios, cartazes, placas, totens, panfletos, etc., em locais públicos ou privados. Também fazem parte deste tipo de poluição as pichações, emaranhados de fios de telefone e eletricidade e edificações em estado de descuido”. Este é o texto da lei que regulamenta a Poluição Visual na capital ecológica do país. Esse problema, que é cada vez mais comum nas grandes metrópoles, se agravou nas últimas décadas. Movidos por um forte imperativo comercial e seguindo as “normas” do que alguns estudiosos chamam de “era da informação”, as lojas, fábricas, enfim, o comércio de uma maneira geral, bombardeou as cidades de propagandas. Locais históricos, monumentos e praças seculares: nada foi perdoado. Mas tanta poluição exigiu que as prefeituras tomassem medidas. Na cidade de Curitiba, por exemplo, as leis nesse sentido vieram em boa hora.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
A MELHOR IDADE
comente imprima
Publicado em 14/02/2008, às 07:11

Por Francisco Silva*

Como eu havia prometido em meu comentário ao artigo “Adeus às Ilusões” do prof. Paulo Pires, postado no Blog do Anderson, como também em todos os Blogs da cidade, estou a fazer a réplica ao conteúdo daquele artigo. Por antecipação professor, adianto-lhe que, o conteúdo deste meu artigo eu surrupiei do “Veja a Melhor Idade” de 21/08/2005, no qual, ele traz 30 dicas de como envelhecer sem se sentir lesado. Como é muito extenso, resolvi fazer “por partes” – nada a ver com o Jack o estripador – neste caso, aí vão as 10 (dez) primeiras dica, não se assuste com o meu comentário a cada uma delas.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
A VIDA, UM BEM INDISPONÍVEL?
comente imprima
Publicado em 13/02/2008, às 07:53

Por Francisco Silva Filho*

Em um artigo de minha autoria, embora o título não seja meu, agora de domínio popular, haja vista, ser o tema da Campanha da Fraternidade de 2008 (Fraternidade e defesa da vida), eu tratei do seu lema “Escolhe, pois, a vida”, em seus aspectos factíveis e que não demandam destarte, debates contrários à sua execução. Todavia, apartei do lema a questão da Eutanásia, por ser um tema que suscita acaloradas discussões no meio jurídico pátrio, até porque, a consciência religiosa imposta por setores da Igreja revela-se frontalmente contra qualquer tipo de abreviação da vida.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
FRATERNIDADE E DEFESA DA VIDA
comente imprima
Publicado em 06/01/2008, às 20:22

Por Francisco Silva

Este é o tema da Campanha da Fraternidade deste ano de 2008, busca o lema da CF 2008 em Deuteronômio “Escolhe, pois, a vida Dt 30,19b”. A Campanha deste ano é bastante abrangente, pois, no que tange à vida, todos os atos em defesa da vida abrangem desde a concepção até mesmo a qualidade do ar que se respira.

A vida se apresenta sob diversas formas e manifestações, ela é um bem impagável como também indisponível; cada ser vivo manifesta, à sua maneira, a sabedoria e o insondável querer do Criador. Não criamos a vida, mas, temos o poder de perpetuá-la; em contraponto, temos o tremendo poder de destruí-la; e a destruição deste dom divino acaba se dando pelo descuido e a imprudência humanas, ou pela ganância sistemática e cega, que se configura em ofensa ao Criador. Muitas formas de agressão ao ambiente, bem como a interferência leviana na natureza dos organismos vivos, colocam em sério risco a existência de muitos seres vivos, vegetais ou animais. Vem ao caso de perguntar: que tipo de mundo e ambiente estamos legando para as futuras gerações?

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
 
CRIANDO UM FATO NOVO
comente imprima
Publicado em 06/01/2008, às 06:55

Por Francisco Silva Filho

Na vida política nacional sempre que as coisas e o curso natural da governabilidade se rompem, mandam os articuladores políticos que se criem um fato novo, para que, a situação que ora se agrava não tome dimensões que venham desqualificar o governo perante a opinião pública. Nós que somos brasileiros estamos e não deveríamos estar acostumados a essa prática nefasta com que se nos impõem, para que, as verdadeiras mazelas fiquem incólumes – ou seja: os elefantes passando pelo fundo da agulha, enquanto nos preocupamos com as formiguinhas.

(Clique aqui e veja a íntegra da matéria)

 
.
  Outros canais
Conquista Bairro a Bairro
Artigos
Entrevistas
Cidadania
Especiais
Imagens
Polícia
Artistas
Saúde
Meio Ambiente
Música
Esporte
Vídeos
Conheça sua cidade
 
  Apoios
.
.
.
.
Hoje Pesquisas
.
Fainor
.
Águia Filmes
.
  BlogTV
.
  Deixe seu recado!
.